Uncategorized

Vídeo apresenta o site

Vídeo tutorial apresenta o site da Companhia Novos Novos

Criamos um tutorial para apresentar, de maneira direta e rápida, o conteúdo disponibilizado no site da Companhia Novos Novos e os caminhos para acessá-lo. Lançado recentemente, o site (www.novosnovos.com.br) abriga conteúdo histórico e jornalístico sobre esse grupo de teatro baiano criado em 2000 e cujas montagens já foram assistidas por mais de 200 mil pessoas.

O site ainda traz as trilhas compostas para os dez espetáculos do repertório, fotos, matérias jornalísticas sobre as criações e as ações da Companhia, os textos dos livros publicados com e sobre o trabalho da Novos Novos, e muito mais.

Confira o vídeo tutorial e venha fazer uma viagem fantástica pelo mundo da Companhia Novos Novos!

Clique no link e assista:

Trilhas 3X Novos Novos

Esta plataforma (novosnovos.com.br) funciona como lugar de se contar a história da Companhia Novos Novos e seu reverberar. Aqui você encontra registros em foto e vídeo dos projetos e encenações, matérias diversas feitas com o grupo em veículos da imprensa, enfim, a trajetória dessa trupe que, desde o ano 2000, produz teatro e arte para e com crianças e jovens de realidades diferentes, na busca pela construção de um futuro mais justo, igualitário, inclusivo e artístico.

O projeto Cia. Novos Novos: Caminhos e Memória, que viabiliza esta plataforma, tem apoio financeiro do Estado da Bahia através da Secretaria de Cultura e da Fundação Cultural do Estado da Bahia (Programa Aldir Blanc Bahia), via Lei Aldir Blanc, direcionada pela Secretaria Especial da Cultural do Ministério do Turismo, Governo Federal.

Uma das coleções que foi possível viabilizar por aqui, digitalmente, é o compilado de músicas que criadas, executadas e, posteriormente gravadas, especialmente para cada um dos espetáculos do grupo, de “Imagina Só…”, o primeiro espetáculo, ao terceiro dessa trilogia musical (Alices e Camaleões), passando também pelo lendário Mundo Novo Mundo e sua chuva especial. Ops! Sinal de spoiler ativado! Para experimentar também essas montagens da companhia, acessa o canal no Youtube.

Clique no link e conheça mais detalhes:

Débora Landim: contexto e histórias

Diretora-encenadora da Companhia Novos Novos, Débora Landim traçou sua trajetória por caminhos de intercessão entre o trabalho prático com crianças e jovens e a pesquisa teórica. Artista-educadora, defende que seu teatro feito com e para crianças e jovens é um ato político, na busca constante por uma experiência de emancipação do elenco, dos participantes e da plateia.
Nesta entrevista, Débora conta como foi o nascimento da Novos Novos e fala sobre as bases e ideais que alicerçam esse projeto que já chega a duas décadas de trabalho contínuo, com a criação e exibição de dez peças teatrais, sete delas no circuito comercial e outras três para projetos específicos para estudantes da rede pública de ensino de Salvador (Bahia).
Isso somado a oficinas junto a comunidades, intercâmbios regionais e internacionais com grupos de teatro, intervenções artísticas, criação de livros, trilhas sonoras para peças teatrais…
Confira com Débora Landim um tanto dessa história:

O projeto Cia. Novos Novos: Caminhos e Memória, que viabiliza esta plataforma, tem apoio financeiro do Estado da Bahia, através da Secretaria de Cultura e da Fundação Cultural do Estado da Bahia (Programa Aldir Blanc Bahia), via Lei Aldir Blanc, direcionada pela Secretaria Especial da Cultural do Ministério do Turismo, Governo Federal.

Podcast Novos Novos

Esta plataforma (novosnovos.com.br) funciona como lugar de se contar a história da Companhia Novos Novos e seu reverberar. Aqui você encontra registros em foto e vídeo dos projetos e encenações, matérias diversas feitas com o grupo em veículos da imprensa, enfim, a trajetória dessa trupe que, desde o ano 2000, produz teatro e arte para e com crianças e jovens de realidades diferentes, na busca pela construção de um futuro mais justo, igualitário, inclusivo e artístico.

O projeto Cia. Novos Novos: Caminhos e Memória, que viabiliza esta plataforma, tem apoio financeiro do Estado da Bahia através da Secretaria de Cultura e da Fundação Cultural do Estado da Bahia (Programa Aldir Blanc Bahia), via Lei Aldir Blanc, direcionada pela Secretaria Especial da Cultural do Ministério do Turismo, Governo Federal.

Um dos produtos feitos especialmente para este suporte é um podcast, realizado pelo grupo. O arquivo digital de áudio traz a história da Companhia, contada através da trajetória de pessoas que passaram pela CNN.

Clique no link e ouça através do perfil do grupo no SpotiFy:

https://open.spotify.com/embed-podcast/show/2mmE6HSuDRnNzMs5nvjkHX

Artistas Colaboradores

Na nossa história cada um dos colaboradores somam nos ciclos e projetos desenvolvidos pelo grupo ao longo da sua trajetória.
As construções também são frutos desses artistas que se engajam aos projetos de diferentes formas e em diferentes tempos. Há quem tenha influenciado na criação do grupo, outros seguiram por boa parte da construção do repertório, e ainda outros tiveram participações pontuais em uma ou outra peça. Ao fim, vários foram os artistas e educadores que, de alguma forma, contribuíram, parceiros que são elencados no material dessa plataforma, por vezes nas fichas técnicas dos espetáculos que participaram, ou em material gráfico, ou nos textos e aqui nessa aba Artistas Colaboradores.

Para conferir cada um desses colaboradores, clique aqui.

Chega mais aqui no Instagram!

Nossa história, também nesta plataforma.

Vem, segue a gente e se envolva!

Novos Novos: Caminhos&Memória

O Projeto Cia. Novos Novos: Caminhos&Memória valoriza o resgate e a divulgação da história do teatro baiano. Essa iniciativa da Companhia Novos Novos, em especial, traz o recorte do teatro feito com e para crianças e jovens, um fazer artístico não tão registrado quanto o teatro adulto.

Oferecemos uma plataforma com material de pesquisa que aborda o tema a partir das realizações da CNN, grupo de teatro que constrói projetos, oficinas e espetáculos teatrais desde 2000. Trazemos à discussão o rico e importante universo das artes cênicas em sua relação com as comunidades, em trabalhos de arte-educação que buscam a emancipação das crianças, dos jovens e de suas famílias.

Este projeto tem apoio financeiro do Estado da Bahia, através da Secretaria de Cultura e da Fundação Cultural do Estado da Bahia (Programa Aldir Blanc Bahia), via Lei Aldir Blanc, direcionada pela Secretaria Especial da Cultural do Ministério do Turismo, Governo Federal.

Jornais Novos Novos

Capitães da Areia

No ano do centenário do escritor baiano Jorge Amado (2012), um projeto desenvolvido pelo Centro de Pesquisa Moinhos Giros de Arte viabilizou a construção do espetáculo Capitães da Areia, dentro das ações da iniciativa Formação de Crianças e Jovens Líderes – Promovendo Direitos de Jovens: literatura e cultura, realização da Secretaria Municipal de Educação, Cultura, Esporte e Lazer (Secult, Salvador) em parceria com a Universidade Estadual da Bahia (Uneb).

Em cena, alunos da rede municipal de ensino de Salvador interpretam o grupo de meninos e meninas abandonados que crescem perambulando pelas ruas. O cenário é uma Salvador da década de 1930 e o grupo vive em um velho trapiche, fazendo pequenos furtos para sobreviver. O texto de Jorge Amado mostra que problemas que enfrentamos hoje na sociedade, como o abandono e a falta de perspectivas para muitos jovens, vêm de longe. A encenação de Débora Landim, provocativa, dá ênfase ao sentimento de mudança do grupo de jovens, destacando sentimentos que emanam dos ótimos diálogos criados por Jorge Amado, como solidariedade, companheirismo e senso de justiça.

Capitães da Areia foi visto por mais de duas mil pessoas, em apresentações gratuitas para alunos e professores da rede pública municipal de ensino de Salvador (Bahia).