Uncategorized

Mundo Novo Mundo

Mundo Novo Mundo estreou em 13 de setembro de 2003. É uma peça que busca intervir na realidade, fazer as crianças (e também os adultos) entenderem que habitamos um planeta vivo, que precisa ter seus recursos naturais preservados. Nessa montagem, a questão ecológica é tema principal, mas não único. Também há espaço para se discutir o preconceito, a solidariedade e sentimentos como raiva, medo, esperança e amor.

A leitura do livro da escritora baiana Gláucia Lemos, Luaral, um mundo absurdo instalou um clima poético na história que nascia. E mais títulos passaram de mão em mão durante a criação do texto: Matilda dos Ossos, da escritora norte-americana Karen Cushman; Mohamed, um garoto afegão, do brasileiro Fernando Vaz. Também fizeram parte desse conjunto de inspirações filmes de ficção-científica, estudos e documentários sobre assuntos como o aquecimento da Terra pelo efeito estufa, poluição, desmatamento, o problema da já agora escassa água doce…

Fechando a lista que serviu como argamassa para a construção de Mundo Novo Mundo, outros três livros e escritores especiais: Ítalo Calvino (1923-1985), com o seu Barão nas árvores; do francês Maurice Druon, o deslumbrante O Menino do Dedo Verde; e, por fim, trechos de Romeu e Julieta, do poeta e dramaturgo inglês William Shakespeare (1264-1616).

No período de montagem do espetáculo, integrantes da CNN participaram do evento The Rights and Roles of Young People as Arts Makers, realizado em Londres.

MicroDoc Novos Novos

A construção da Companhia Novos Novos produziu espetáculos teatrais, textos e trilhas sonoras inéditos, oficinas, apresentações para o público em temporadas abertas e, também, em comunidades, praças e associações. Além disso, todas essas ações somaram à formação de jovens que participaram de nossos projetos.

Este vídeo traz um tanto da história da Novos Novos contada através da trajetória de quem vivenciou e/ou vivencia o projeto da Companhia, um ideário onde cabem formação da consciência social, ativismo humanista e valorização da arte e da educação como ferramentas de transformação pessoal e coletiva.

O projeto Cia. Novos Novos: Caminhos e Memória, que viabiliza esta plataforma, tem apoio financeiro do Estado da Bahia, através da Secretaria de Cultura e da Fundação Cultural do Estado da Bahia (Programa Aldir Blanc Bahia), via Lei Aldir Blanc, direcionada pela Secretaria Especial da Cultural do Ministério do Turismo, Governo Federal.

Confira, abaixo, esse MicroDoc da Novos Novos:

Hello world!

Welcome to WordPress. This is your first post. Edit or delete it, then start writing!